Nasce um Movimento

Lia Mattos e Alexandre Basso iniciam em 2008 as pesquisas e documentações sobre a Cultura da Infância no Brasil e as brincadeiras tradicionais como manifestações legítimas da nossa cultura popular.

Em 2011, depois de viajar por diversas regiões do país, inauguram o Espaço Imaginário em Campo Grande - MS, com uma sede de 8 mil metros quadrados, plena de natureza e alegria.

O Espaço funciona como lugar de pesquisa, convivência e formação de educadores para a infância e a cultura brasileira. Recebe crianças e famílias no contra-turno escolar, reunindo colaboradores de diferentes áreas: permacultura, música, teatro, circo, cinema, fotografia, artes visuais, saúde e outras.

Memórias do Futuro

Em 2012 e 2013 realiza o projeto Memórias do Futuro - Olhares da infância brasileira - em parceria com o Pontão de Cultura Guaicuru e  patrocínio da Fundação Telefônica/Vivo e do Ministério da Cultura.  Jovens e educadores de diversas comunidades do estado participam de um trabalho de sensibilização para a Cultura da Infância e realização audiovisual. Produzem mais de 100 vídeos documentando a infância nas suas comunidades e  ambientes educativos. A ação desperta um grande movimento a favor da infância na região e tem grande repercussão nacional. A tecnologia social do Memórias do Futuro vem sendo multiplicada em diferentes realidades.

Mitã e a RNPI

Em 2013 realiza o documentário Mitã, reunindo o pensamento de Agostinho da Silva e Lidia Hortélio em uma narrativa poética sobre a infância. O filme tem inspirado educadores de diferentes áreas.  

O Espaço Imaginário abre uma base no Parque das Nações Indígenas e promove um trabalho de valorização da infância em espaços públicos. Além disso faz parte da Rede Nacional pela Primeira Infância e atua com parceiros importantes na luta por um política mais justa e criativa para as crianças do Brasil.

FLORIANÓPOLIS

Em 2014 o Espaço Imaginário muda para a capital de Santa Catarina e continua sua trajetória para fortalecer a Cultura da Criança em diversas ações. Lia Mattos inicia o mestrado na antropologia da UFSC com a metodologia do Memórias do Futuro aplicada e sistematizada junto as crianças da comunidade da Costa da Lagoa.

Articula ações com a Rede Nacional pela Primeira Infância e o projeto Infância Cidadã.

2015-2020

De lá para cá o Espaço Imaginário vem atuando em ações de valorização da infância e dos educadores, trazendo cursos, oficinas e colocando o tema da infância nas ruas da cidade de Florianópolis e pelo Brasil afora. 

  • Realiza o curso "A arte do brincante para educadores", em parceria com o Instituto Brincante e a Escola Casa Amarela.

  • Coordena a sala de roteiros para a série infantil "Franscisco só quer jogar bola" da Docdoma Filmes - Salvador BA.

  • Participa da criação da Navegar Escola Aberta.

  • Realiza ações educativas no Cinema da Lagoa.

  • Promove oficinas do brincar pelo Brasil.

  • Realiza o Memórias do Futuro - fase 3 - documentação audiovisual dos moradores mais idosos da ilha.

  • Lança o livro infantil "A menina Rosa", Lia Mattos.

  • Prepara o filme "O Fio da Vida", sobre a Dra. Gudrun Burkhard.

  • Planeja a criação de um espaço de convivência e aprendizado para crianças, jovens e adultos com a natureza.